Os melhores micro lotes de cafés são premiados na STA

Silvanius Kutz (Itarana) e João Delpupo (Afonso Claudio) foram os vencedores do Concurso Single Origin

A colheita dos cafés especiais acontece em diversas etapas, visando colher somente os maduros. Na cata o produtor seleciona os melhores grãos e cuida especialmente deles, pois é o primeiro resultado do trabalho árduo de um ano. Para premiar os melhores cafés desta primeira seleção, a Coopeavi criou o concurso de micro lotes de cafés especiais (Single Origin).

Cada produtor pôde selecionar uma saca de café para concorrer ao prêmio máximo, de 1,8 mil reais na saca do melhor arábica e mil reais na saca do melhor conilon. Para a surpresa da organização do concurso, a primeira edição da premiação recebeu 174 amostras. Tiveram cafés de diversas localidades do Espírito Santo e Leste de Minas Gerais.

“A quantidade de cafés inscritos foi uma grande surpresa, devido ao período que ocorreu o concurso, não esperávamos essa quantidade de amostras”, comemora o gerente do negócio café da Coopeavi, Giliarde Cardoso.